TUDO SOBRE O NOVO PRODUTOR DE MASHUPS ALE MESSINA E SEUS MASHUPS PARA OS JOGOS DO BRASIL NA COPA

10259919_818010284875793_4699432873879907629_n

A gente está acompanhando o projeto do Ale Messina, paulistano radicado no Rio, de fazer um mashup por domingo. O alerta de novo produtor de mashups na praça soou mesmo no começo deste mês, quando saiu a primeira faixa digna de estar em uma mixtape da Bootie Rio. Um mashup da pesada com Barão Vermelho, Ray Charles e Clean Bandit que está no nosso último set e tocando nas festinhas. Lindo de viver.

Hit the road que estou fervendo
Hit the Road – Ray Charles
Vem quente que eu estou fervendo – Barão Vermelho
Rather Be – Clean Bandit feat Jess Glynne

De lá pra cá, o Ale ainda se meteu a fazer um mashup por jogo do Brasil na Copa. E não é que a gente curtiu também? A Ivete Sangalo com Maná é a coisa mais linda! Nesta segunda, ele bota na rua um Tim Maia com Manu Dibango, no Brasil vs. Camarões. 

Brasil vs. Croácia, pro primeiro jogo: Marcelo D2 vs. Stampedo

ivete-sangalo
Ivete Sangalo vs. Maná, Brasil vs. Méxixo

O Descobridor do Soul Makossa
Tim Maia vs. Soul Makossa, Brasil vs. Camarões

Chico Trujillo-Loca
Bonde das Maravilhas – Aquecimento das Maravilhas

Brasil vs. Chile

Alexandre tem 24 anos, é engenheiro, consultor da Ernst Young, já tocou caixa no Bloco do Sargento Pimenta e organizou um TEDx da PUC-RIO. Já morou em São Paulo, Austin (Texas) e NYC, e está desde 2009 no Rio. Teve aulas de violão, guitarra, percussão, gaita, piano e canto, quando menino, e acabou se dedicando à bateria, instrumento que tocou em algumas bandas, como a Projeto9.

1620966_587462227989510_1749759687_n

Há quatro anos, ele começou a se interessar mais por mixagens e pela possibilidade de ser DJ. Ganhou 2 CDjotas e um mixer simples, tocando em festinhas, e fez um curso de discotecagem na Eleventh, em Copacabana, e lançou seu olhar de cara para a cultura mashup. “Acredito que tudo está relacionado, porque não estariam também as músicas? É egoísmo achar que uma linha de baixo ou uma estrofe devam ficar presos apenas ao arranjo para os quais foram concebidos. O mashup surpreende, quebra paradigmas. Tem quem ama e quem odeie, ser polêmico é interessante“, conta.

What you numb

Two Door Cinema Club – What You Want Linkin Park – Numb

Durante todo este ano, ele vai produzir um mashup por semana, sempre aos domingos. Ele começou a fazer mashups quase que por acidente, em 2011, quando descobriu que o Mixcraft também permitia adicionar músicas.

Influenciado pelo 365 mashups, do João Brasil, e por um show do Girl Talk, ele começou a produzir no programa especial de mashups da MixedInkey. “É um software incrível, que recomendo a todos que queiram se aventurar. Ele tem um algoritmo capaz de identificar o tom de cada música, para que os mashups tenham compatibilidade harmônica, além de bpms que se encaixam.”

155326_111882008880870_1195190_n

Dentre os produtores de mashups, ele conta que foi influenciado pelos sets da Bootie Rio e pelo trabalho de Girltalk, Isosine, Basement Freaks, The Melker Project, João Brasil, Faroff e MashmyA$$, dentre outros.

7 Comentários

Arquivado em Uncategorized

7 Respostas para “TUDO SOBRE O NOVO PRODUTOR DE MASHUPS ALE MESSINA E SEUS MASHUPS PARA OS JOGOS DO BRASIL NA COPA

  1. Sonia

    Espetacular !!!

  2. Elia Baleia

    Fera! Mandou bem!

  3. Rodrigo

    Esse ta fazendo bagunca!

  4. Pingback: BRASIL VS. CHILE: FUNK CARIOCA VS. CUMBIA: MARATONA DA COPA DO ALE MESSINA | Bootie Rio

  5. Pingback: O PRIMEIRO MASHUP #FUCKFIFA E OS MASHUPS DA COPA | Bootie Rio

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s